Professores de Malhada dos Bois em greve por tempo indeterminado

69

A partir desta quarta, 02, os professores da rede municipal de Malhada dos Bois {joomplu:1954}interrompem as suas atividades por tempo indeterminado. O motivo é o não cumprimento da lei do piso por parte da administração municipal e a morosidade nas negociações.

Nesta quarta, os professores realizaram uma caminhada e ocuparam o prédio da secretaria de Educação. Quinta, dia 03, os educadores pretendem ocupar a prefeitura, esperando que finalmente a administração municipal apresente uma proposta que valorize o professor, como está previsto na lei 11.738/2008 para este ano.

O mês de setembro chegou e até agora a única proposta apresentada pelo prefeito Augusto {joomplu:1959}César Aguiar Dinízio retira direitos dos professores e não valoriza o magistério municipal que é a principal função da lei do piso. “Os educadores estão nas ruas para mostrar a população o quanto estão insatisfeitos com a falta de vontade da administração municipal em valorizar o educador”, disse o professor Francisco José dos Santos, diretor do departamento de Base Municipal do SINTESE.

Nos próximos dias os educadores vão percorrer os povoados para informar os pais dos alunos os motivos da greve.