Professores da Barra dos Coqueiros paralisam atividades e fazem ato público

63

Os professores da rede municipal de ensino da Barra dos Coqueiros paralisam as atividades amanhã, 24, em protesto ao descumprimento por parte da prefeitura sobre a implantação da lei federal 11.738/2008, que garante o piso salarial nacional para profissionais do magistério público da educação básica. A categoria fará concentração em frente ao prédio da prefeitura com café-da-manhã.

Com o ato público e a paralisação, os professores querem chamar a atenção da sociedade e pressionar a prefeitura para a efetivação do projeto negociado com o magistério. Depois de meses de conversas, os professores foram surpreendidos com a falta de encaminhamento para a Câmara Municipal do projeto acordado com os docentes para a implantação do piso nacional do magistério no município.

Os professores também reivindicam o retorno do direito ao vale-transporte e o cumprimento da prefeitura em relação ao Plano de Regência da categoria. Na sexta-feira, 25, os docentes realizam uma assembléia, às 8h, na Escola Municipal João Cruz, no centro da Barra dos Coqueiros.

A Lei 11.738/2008 garante que os estados e os municípios têm que pagar os 2/3 do piso que é de R$950,00 em 2009 e integralizá-lo em 2010.