Professores de Capela entram em greve a partir de segunda-feira

37

Os professores da cidade de Capela entram em greve a partir da próxima segunda-feira, 05 de outubro, em protesto a não implantação do piso nacional do magistério no município. A decisão pela paralisação por tempo indeterminado foi tomada ontem, 29, durante assembéia da categoria.

Sem nenhuma resposta da prefeitura sobre o processo de negociação do piso nacional, os professores resolveram realizar a greve. Na segunda-feira pela manhã, os professores fazem panfletagem na feira do município.

Na quarta-feira à noite, dia 07 de outubro, os educadores realizam um sopão numa forma de reunir a comunidade para mostrar como está a educação no município. Através de um telão na praça da cidade, os professores irão expor fotos das escolas que ainda não foram reformadas.    

Os professores estão mobilizando comerciantes, parlamentares e representantes de varias setores da sociedade para aderirem à luta do magistério em defesa da valorização da escola pública. Amanhã, 01 de outubro, os docentes vão até a sede da Câmara Municipal de Vereadores para conversar com os políticos sobre o processo de luta dos professores e pedir apoio aos parlamentares. “Manteremos a decisão da greve até termos uma proposta concreta da prefeitura”, diz Jailson Correa da Silva.