Manifesto: Rede de Comunicadores Populares

30
logo_

No ano de 2005 o SINTESE iniciou a base para um movimento que queria unir e ampliar a logo_capacidade de comunicação entre os professores e a comunidade que os cerca. Eram os primeiros passos para a criação da REDE DE COMUNICADORES POPULARES DO SINTESE, uma iniciativa pioneira no meio sindical e que aproveitava ao máximo uma das principais capacidades do magistério: a de se comunicar.

Amparada num primeiro momento nos recursos e ferramanentas da comunicação escrita, esse grupo de lutadores  recebia cursos de formação na área da comunicação popular nos seus diversos segmentos como rádio, jornal e tv, e sentiam pulsar em cada um a vontade de eclodir à prática.

Eles sentiam que a revolução não seria televisonada, e por isso tinham que gritar para o mundo as verdades e testemunhos do dia a dia das salas de aula do estado de Sergipe.

Numa nova fase nas atividades da REDE, vieram os cursos de formação em Novas Mídias e Redes Sociais, que deram o sustento teórico inicial para que dezenas de representantes do SINTESE em todo estado começassem a se expressar através de sites, blogs e redes de relacionamento, num ritmo comparável apenas à vontade de cada um que compõe essa rede de construir um mundo mais justo.