Atraso nos salários preocupa professores em São Cristóvão

44

Mais uma vez os professores da rede municipal de São Cristóvão sofrem com o atraso nos salários. Apesar do Termo de Ajuste de Conduta – TAC firmado no Ministério Público onde a administração municipal de comprometia a pagar os salários até o quinto dia útil do mês subsequente, isso não aconteceu.

O sindicato está preocupado com essa situação, pois foi estabelecido também pelo TAC que em dezembro seria paga a segunda parte do décimo terceiro, as férias no mês de julho, além do salário do mês de dezembro.

A direção do SINTESE voltará ao Ministério Público para tentar por fim a esse descaso da administração municipal de São Cristóvão com a Educação.