Cadê o bom natal?

44

*José de Jesus Santos

“Para onde vai o dinheiro público?”. “Se a copa do mudo é nossa, e a escola pública de quem é?” Tais orações interrogativas e por que não instigadoras já estão em artigos e propagandas na TV que nos provocam a reflexão…

Na página seis do Jornal do Senado desta semana em letras garrafais “Congresso prioriza rede para fiscalizar gasto público” logo pensei que se trataria de um novo e independente sistema para ajudar a população a fiscalizar as finanças das prefeituras e dos governos estaduais… Mas a figura do Maracanã ao lado do olho da manchete logo me fez perceber e a matéria explicava que era para outro fim.

Tratava-se de um programa sendo elaborado para fiscalizar em tempo real os gastos públicos investidos na Copa do Mundo de 2014 e nas Olimpíadas de 2016.

E que envolverá os tribunais de contas e o Ministério Público e também o cidadão para vigiar a melhor aplicação das verbas públicas. Por que o mesmo sistema não é adotado para se ver os gastos das prefeituras?

Quem já assistiu ao filme Gladiador, viu que em Roma a melhor forma de fazer o povo esquecer seus problemas é dar Pão e Circo: é só lembrar-se das palavras do Imperador que sabia que se desse alimento (pão) e o show (circo) – a luta dos gladiadores o povo esqueceria as injustiças sociais e o ovacionaria clamando seu nome.

Bom nada diferente do contexto do Brasil contemporâneo, quantas prefeituras e Estados preferem gastar o dinheiro em festas de natal OU EM ÁRVORES NATALINAS, e ainda no espírito de Santa Claus dizer que valoriza o servidor com um jantar e panetone… (não o panetone do DEM).

Mas e os direitos negados durante o ano todo onde vão parar? Nas bolhinhas do espumante no fim de ano? Ou nas tapinhas nas costas esperando o bebê arrotar a decepção de ter seus direitos trocados por um mero show e comida?

Quantos preferem negar aos professores seu direito ao Piso Salarial e fazer uma festa para comemorar a confraternização dos funcionários… Mas comemorar o que? Afinal temos fome e sede de quê?

Qual música podemos cantar?

Vamos pedir a Simone sua musica “Então é Natal”?

“Então é NATAL…

E o que o prefeito fez… O ano termina…

E nossos direitos

Negou outra vez!

Cadê o bom NATAL?…”

*Professor, Conselheiro Municipal de Educação de Boquim.