Tabela Salarial que o governo enviará para Assembleia Legislativa

87

Tabela Rede Estadual 2010

 

O governador Marcelo Déda reuniu a imprensa, servidores da Educação, professores e secretários de Estado para fazer o anúncio da adequação do Estado de Sergipe ao Piso Salarial Profissional Nacional do magistério, conforme a orientação do Minstério da Educação divulgada no final do ano passado. Com isso o valor do piso salarial para a rede estadual passa a ser de R$1.024,67 para os professores de nível médio.

Déda anunciou que a partir desta quarta-feira (27), os professores de nível médio da ativa receberão como vencimento inicial não s R$950 que foram acordados com o sindicato e transformado em lei no mês de junho de 2009, mas sim o novo valor.

Neste momento a diferença entre os R$950 e os R$1.024,67 será paga em forma de abono, já que o Estado não pode alterar vencimento básico se não tiver uma lei que regulamente.  No caso dos professores com nível superior o abono será para que se chegue ao vencimento inicial de R$1.434,54.

As gratificações tanto para nível médio quanto para nível superior foram calculadas a partir do vencimento inicial da Letra A (R$1.024,67 e R$1.434,54 respectivamente). Nos demais níveis da carreira os valores corretos serão pagos no mês de fevereiro, retroativo a janeiro.

Quem na tabela atual (onde o piso é R$950) já tem como vencimento inicial valores maiores que R$1.024,67 e R$1.434,54 receberão somente em fevereiro (retroativo a janeiro) após aprovação da nova tabela pela Assembleia Legislativa. Segundo Déda  o Estado de Sergipe se adiantou e foi além do que foi acordado entre o governo do Estado e o SINTESE.

Aposentados

No caso dos aposentados que receberam salários nesta terça, a diferença será paga em folha suplementar a partir da próxima quinta-feira, mas em situação semelhante aos da ativa somente aqueles que tiverem como vencimento inicial valores menores que R$1.024,67 (nível médio) e R$1.434,54 (nível superior).