Eleição é coisa de criança, sim!

63

Em 2010, os brasileiros irão às urnas para eleger presidente, governadores, senadores, deputados federais e estaduais. São mais de 130 milhões de cidadãos diante da oportunidade de escolher aquele que será o seu dirigente ou representante no cenário político nacional. Mas, se criança não vota, o que será que elas têm a ver com isso? A equipe do Plenarinho acredita que tudo. Quem nunca ouviu pessoas criticarem políticos, dizendo que, depois das eleições, eles se esquecem o povo e não fazem nada? O que todas essas pessoas parecem esquecer é que os políticos são eleitos, escolhidos pela maioria da população. A responsabilidade é de todos os cidadãos! E é justamente na construção dessa responsabilidade cidadã que entra a preocupação com as crianças brasileiras. É preciso que, desde pequeno, se tenha consciência da importância da participação na vida política e que as crianças se preocupem com aquilo que acontece no País.

Aproveitando o ano eleitoral, o Plenarinho desenvolveu o projeto Eleitor Mirim 2010. Atuando em parceria com as escolas, será elaborada uma cartilha, disponibilizada no portal do Plenarinho no mês de março. Essa cartilha trará textos que abordam os vários aspectos do processo eleitoral, como importância do voto, a necessidade de se acompanhar o trabalho daquele que foi eleito e as possibilidades de engajamento, dentre outros. Além disso, a cartilha trará sugestões de atividades para os professores desenvolverem em sala de aula. Dessa forma, as crianças poderão vivenciar, na prática, o que estão conhecendo na teoria.

Candidato das crianças
Vital diante da urna eletrônicaCom o 1º semestre dedicado a apresentar às crianças os conceitos de democracia, o 2º semestre será dedicado à prática. Nesse momento, o Plenarinho vai lançar, no site, uma campanha eleitoral pra lá de divertida! E o mais legal: os candidatos serão decididos pelas próprias crianças, bem como o partido de cada um e suas propostas eleitorais. Esse candidato pode ser um animal, uma fruta ou um super-herói, por exemplo. Em outubro, as crianças poderão votar no seu candidato preferido, numa urna igualzinha à dos adultos.

Nessa fase, as escolas terão uma função mais do que importante: aqueles professores interessados em desenvolver o projeto com sua turma, para que seus alunos definam como é seu candidato ideal, devem mandar uma redação para a caixa postal do Plenarinho (plenarinho@camara.gov.br) até o dia 15 de março, explicando “Porque eu quero que minha turma participe do programa Eleitor Mirim 2010″. Serão escolhidas cinco melhores redações e o Plenarinho entrará em contato com os professores para dar todos os detalhes dessa participação. A equipe do Plenarinho vai montar a campanha eleitoral e fazer os desenhos dos candidatos, de acordo com o que as crianças decididirem em suas turmas.  É bom lembrar que apenas cinco turmas definirão seus candidatos, mas todas as crianças que quiserem poderão votar nas eleições do Plenarinho. Além disso, a Cartilha da Democracia estará disponível para que todos os professores possam levar os conceitos da democracia para sala de aula.
Saiba todos os detalhes desse projeto clicando no regulamento.

Regulamento – Eleitor Mirim 2010

REGULAMENTO – PROJETO ELEITOR MIRIM 2010
O Projeto Eleitor Mirim 2010 visa a conscientizar crianças e adolescentes sobre a importância da democracia e participação popular nas eleições.
DOS OBJETIVOS:
– Envolver professores e alunos no desenvolvimento de conceitos como democracia, participação popular, representação, voto e responsabilidade cidadã;
– Por meio de sugestão de atividades, contribuir para que as turmas escolares vivenciem esses conceitos;
– Incentivar as crianças a participar de uma campanha eleitoral mirim, com candidatos, plataforma eleitoral e partido político construídos por elas próprias.
DO PÚBLICO ALVO
– O projeto é destinado a crianças matriculadas no ensino fundamental de escolas públicas e particulares de todo o País.

DA MODALIDADE
– O Plenarinho desenvolverá uma cartilha para os professores do ensino fundamental, que estará disponível para download no site www.plenarinho.gov.br a partir de março de 2010. Conceitos como democracia, aristrocracia, representatividade, voto, participação popular, dentre outros, serão apresentados aos professores para que eles possam abordar os temas com os alunos. Além disso, haverá sugestão de atividades sobre cada conceito, para que os professores possam desenvolver em sala de aula, na prática, tudo o que os alunos aprenderam na teoria. A intenção é que os professores trabalhem os conceitos e desenvolvam as atividades durante todo o primeiro semestre.

DA INSCRIÇÃO DE PROFESSORES
– Dentre as escolas inscritas, cinco vão ser selecionadas para definir seus próprios candidatos a serem apresentados no início do segundo semestre de 2010.
– Os professores que queiram que suas turmas participem dessa fase do projeto, escolhendo seu próprio candidato, devem redigir e enviar ao Plenarinho uma carta explicando “Por que eu quero que minha turma participe do programa Eleitor Mirim 2010”.
– Os textos devem ser enviados para o e-mail do Plenarinho – plenarinho@camara.gov.br – até o dia 15 de março de 2010, com nome, telefone e endereço completos do professor, além do nome da escola e as turmas em que leciona.
– Os cinco melhores textos serão escolhidos pela equipe do Plenarinho. O resultado será divulgado no site (www.plenarinho.gov.br) no dia 19 de março de 2010. Os professores serão avisados do resultado através do e-mail ou do telefone enviado junto com a redação.
– A partir daí, os professores e o Plenarinho estarão em contato constante para o desenvolvimento das atividades propostas.
– Como o projeto Eleitor Mirim é um projeto piloto, os cinco professores contemplados se comprometem a desenvolver as propostas do Eleitor Mirim 2010 durante todo o ano letivo. Dentre as atividades a serem desenvolvidas estão o trabalho em sala de aula da Cartilha da Democracia, além da discussão e escolha dos candidatos para eleição em outubro de 2010. Os professores se comprometem, também, a enviar ao Plenarinho, até o final de 2010, um relatório detalhando as aulas realizadas sobre o assunto no primeiro semestre, além do processo de definição do candidato em sala de aula, já no segundo semestre.  

DO DESENVOLVIMENTO DOS CANDIDATOS
– As turmas cujos professores tenham sido escolhidos no concurso de redação vão definir seus próprios candidatos. Esse candidato não deve representar um ser humano, mas sim qualquer entidade de escolha das crianças como um animal, super-herói, plantas, frutas, etc. As crianças vão definir também o partido político do candidato, bem como toda a plataforma eleitoral, slogan e principais objetivos. Todas essas definições devem ser enviadas ao Plenarinho até o dia 31 de agosto de 2010.
– A partir daí, a equipe do Plenarinho vai desenvolver, durante todo o mês de setembro, a campanha eleitoral de cada escola, de acordo com as definições enviadas. Em outubro de 2010, as campanhas de cada candidato estarão disponíveis no site do Plenarinho para análise e votação das crianças.
– Na fase de análise e votação dos candidatos, todas as crianças cadastradas no Clubinho do Plenarinho poderão participar.

DAS ELEIÇÕES
– No site do Plenarinho, todas as crianças cadastradas no Clubinho poderão votar nos candidatos numa urna eletrônica virtual. A votação estará aberta a partir do dia 3 de outubro de 2010 (1º turno das eleições) até o 2º turno das eleições, em 15 de novembro de 2010, dia em que o nome do candidato vencedor das Eleições do Plenarinho será divulgado.

DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
– A participação neste Concurso implica total aceitação das regras expostas neste regulamento. A decisão da Comissão Julgadora será soberana, não se admitindo contra ela nenhum recurso.

Um pé na luta e outro no parlamento