Professores querem ser incluídos na vacinação contra a gripe H1N1

41
O SINTESE enviou ofício a secretária estadual de Saúde, Mônica Sampaio, solicitando uma revisão nos procedimentos para a vacinação contra a gripe H1N1. O sindicato pede que os professores que não estão na faixa etária acima de 40 anos sejam incluídos.

O motivo da solicitação é que os educadores procuraram o SINTESE alegando que o contato direto com seus alunos podem deixá-los expostos a contaminação pela doença.

“Os professores estão preocupados e solicitaram que o sindicato faça a intermediação, junto ao governo, para que eles sejam incluídos na população que será imunizada”, disse o diretor de Comunicação do SINTESE, Roberto Silva dos Santos.

O pedido do sindicato tem respaldo na situação das mulheres grávidas que estão sendo vacinadas independentemente da idade. A solicitação do sindicato também abrange os educadores da rede da privada.