Professores e servidores de Estância paralisam as atividades dias 19 e 20

44

Os professores da rede municipal de Estância paralisam as atividadades nos dias 19 e 20. O motivo da interrupção das atividades é a insatisfação da categoria com a redução e exclusão de direitos conquistados que desestruturaram toda a carreira dos professores, com o argumento de implantação do piso e atualmente a administração não abre canais de negociação.

Na segunda, dia 19, os professores fazem caminhada do bairro Alagoas até o Paço Municipal e dia 20, o ato público vai fechar a BR que dá acesso à entrada de Aracaju.


“Infelizmente o prefeito não quis negociar conosco, extinguiu totalmente a regência de classe e diminuiu drasticamente outras gratificações, não dando oportunidade ao sindicato de apresentar propostas onde a receita do município seria garantida e os professores não teriam tantas perdas”, disse a coordenadora da sub-sede Sul do SINTESE, Ivonia Aparecida.

A atitude anti democrática do prefeito de Estância faz com que os professores em início de carreira só tenha o “piso seco”. Isso sem contar com a falta de estrutura das escolas municipais que por várias vezes invabiliza o trabalho dos docentes.


Servidores municipais

Os servidores municipais também paralisam as atividades nos dois dias, eles protestam pela falta de reajuste salarial. “Estamos sem reajuste há dois anos, não podemos continuar assim”, disse o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Estância, Adilson Faustino.