Duelo de gigantes: o que está por trás do Quit Facebook Day?

46

Do Blog de Ana Claudia Martins

Duelo de gigantes: o que está por trás do Quit Facebook Day?

Você vai sair do Facebook, maior rede social do mundo com mais de 400 milhões de usuários cadastrados, no próximo dia 31 de maio? Pelo menos é isso o que pedem Matthew Millan e Joseph Dee no site criado por eles, em função das recentes alterações feitas pelo Facebook na questão da privacidade na rede social. Revoltados com as alterações nas políticas de privacidade da rede de relacionamentos, eles estão promovendo a retirada em massa de usuários do Facebook.

Além disso, o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, que completou 26 anos no último dia 18 de maio, está assistindo a uma enxurrada de matérias criticando as mudanças nas políticas de privacidade da rede e como ele mesmo pensa e trata a questão. Segundo declarações do próprio Zuckerberg no Blog Tecneira, a questão da privacidade não é lá tão importante ou não é algo que ele realmente acredita, principalmente quando se trata de redes sociais na internet! Porém, para os usuários do Facebook a mudança tanto não agradou como não deixou muita opção: ou você permite total liberdade a sua página na rede de relacionamentos ou então restringe tudo!

Nas últimas semanas, a imprensa mundial também destacou matérias questionando a conduta e o caráter do fundador do Facebook, tentando com isso afetar a credibilidade dele e da sua rede de relacionamentos. Ex-funcionários deram depoimentos afirmando que a privacidade é algo que definitivamente Zuckerberg não acredita ser necessário, principalmente na web. E até um filme sobre sua vida está em fase de produção! Mas, será que é somente a questão da privacidade que está por trás da polêmica em torno do Facebook?

Certamente, não! A maior rede de relacionamentos do mundo incomoda muita gente e, principalmente, o Google, dono de outra rede de relacionamentos muito famosa no Brasil: o Orkut. Além disso, o fundador da rival Facebook, Zuckerberg, tem deixado claro que ele pretende suplantar a onipresença do Google na internet, ou seja, ele tem a imensa ousadia de querer que as pessoas deixem de utilizar o Google em suas pesquisas na internet e passem a fazê-las por outros meios: o chamado gráfico social – o que nossos amigos leem e visitam na web. Alguém duvida que ele possa conseguir?

Enfim, está declarada o que pode ser a maior guerra de marketing da história da internet: o duelo de gigantes – Facebook x Google (Orkut)! A disputa por milhões de usuários e pela onipresença na rede mundial de computadores está apenas começando. Definitivamente, o que esse duelo de gigantes prova é que – apesar de estarmos em pleno século XXI, a web ser uma mídia inovadora, a sociedade mundial clamar por uma nova ordem mundial e um mundo sustentável – as relações comerciais na internet (as empresas pontocom) continuam seguindo a velha lógica do capitalismo industrial: o conceito da “Mais-valia” de Adam Smith (o autor considera que o lucro é proveniente da oferta e da procura, ou seja, o lucro é criado pelo mercado). Então, quanto vale a nossa privacidade diante das oportunidades de lucro nesse mercado digital? Você quer mesmo que eu responda? Nada!