Professores de Pirambu paralisam

45

Cansados de esperar por melhorias na educação pública do município e pela integralização do PISO – é pago apenas 2/3 do valor, R$ 950 – os professores de Pirambu decidiram paralisar as atividades até que uma audiência seja agendada e a situação resolvida.

Faltam cursos de atualização para os educadores, material didático de qualidade, reformas nas escolas, além da garantia à alimentação e transporte escolar que não ofereça risco aos estudantes, caso dos veículos que hoje são utilizados.

“As escolas estão passando por uma situação crítica, falta iluminação, segurança, condições dignas de trabalho. Nós já tentamos marcar audiência várias vezes, mas a prefeitura não nos deu resposta por isso estamos paralisando”, relata Veralucia Nunes (membro da comissão de negociação do SINTESE).

Amanhã os educadores sairão às ruas, será realizado um ato público em frente à Secretaria Municipal de Educação e Prefeitura. Assim, esperam que a administração municipal atenda às reivindicações e ofereça uma educação de qualidade.