Professores de Estância reafirmam encontro com religiosos e desmentem IvanLeite

44

Durante solenidade de abertura da semana da pátria o prefeito Ivan Leite contestou a nota do sindicato que relata a reunião que aconteceu entre uma comissão de professores e o Bispo Dom Marcos, colocando em dúvida a existência das reuniões.

Diante do exposto a direção do SINTESE vem a público reafirmar a veracidade da nota, desta vez com mais detalhes, e provar de uma vez por todas que os encontros com as autoridades religiosas aconteceram sim.

A primeira reunião aconteceu no dia 21 de agosto as 17:00 horas na Casa Paroquial entre o Padre Ribeiro e a comissão formada pelos professores, Clovis Castor Machado, Sonia Araujo Fontes, Tereza Cristina Dórea, Inádia Gomes e Sônia Maria Souto Dinizio.

A segunda reunião aconteceu no dia 22 de agosto no Palácio Episcopal, também as 17: 00 horas, entre o Bispo Dom Marcos Eugênio e a comissão formada por Ivonia Aparecida Ferreira, Robson Dinizio, Clovis Castor Machado, Sonia Araujo Fontes, Tereza Cristina Dórea, Inádia Gomes e Sônia Maria Souto Dinizio.

Dom Marcos Eugenio viajou a Roma sim, mas foi depois da reunião com os professores. É verdade também que ele tentou entrar em contato com o prefeito e não conseguiu, e deixou claro que gostaria de ver uma saída civilizada para a greve o mais rápido possível.

A verdade é que Ivan ficou incomodado com a visita dos professores ao Padre Ribeiro e ao Bispo Dom Marcos para pedir a intermediação deles no conflito.

Caso Ivan Leite não abrande o coração e sente para dialogar com os educadores, 2011 começará com nova greve.

Estância, 02 de setembro de 2010

SINTESE / SUB-SEDE REGIONAL SUL / CUT