Gestão Democrática é discutida na rádio Liberdade AM

45
A educação de Sergipe foi tema de debate na rádio Liberdade AM na manhã de hoje, sexta-feira, 17, no programa do radialista Carlos Rodrigues. O professor Neilton Diniz, diretor do Departamento de Bases Municipais, expôs um panorama geral da educação, apontando os principais desafios que o próximo governador vai enfrentar.

Para tratar do futuro da educação no estado de Sergipe, o professor não poderia deixar de falar do Projeto de Gestão Democrática e suas potencialidades de mudança de paradigma na política educacional. As perguntas do radialista Carlos Rodrigues e dos ouvintes orientaram o debate. “Mas o que é o projeto de Gestão Democrática? E por que no período eleitoral os candidatos que prometem tanto sua implantação passam o mandato todo fugindo para que a proposta não seja posta em prática?”, perguntou simplesmente o radialista.

O professor Neilton respondeu que através da democratização da administração escolar, o projeto vai melhorar a qualidade da educação e, além disso, deve influenciar no amadurecimento da sociedade, frente ao novo desafio de participar da construção de uma política de educação que atenda às suas demandas. “A recuperação da escola pública passa pela Gestão Democrática. E se ela não sai do papel, é porque neste país ainda está muito enraizada a política de favoritismo”. 

Neilton explicou que a capacitação do diretor escolar, antes e depois de ser eleito por pais, alunos, professores e servidores da escola é um dos tópicos do projeto para melhorar a qualidade da educação. Integrar a comunidade escolar e a população de Sergipe num fórum de debates e decisões sobre como e onde deve ser aplicado o recurso da educação é outra medida que consta no projeto elaborado pelo Sintese, em parceria com a Secretaria de Estado de Educação. “A educação precisa ser vista como fundamental instrumento de transformação. Precisamos acreditar que a sociedade sergipana é capaz de construir uma escola pública melhor”, resumiu o professor.