Santo Amaro: professores e alunos do Rogaciano Leão protestam

46
Alunos e profesores protestam

Alunos e profesores protestamProfessores e alunos do Colégio Estadual Rogaciano Magno Leão Brasil, em Santo Amaro, realizaram caminhada pelas ruas da cidade. Eles exigiram da Secretaria de Estado da Educação – SEED uma solução para a reforma da escola que se arrasta há mais de um ano.

Durante a caminhada foram distribuídos panfletos para a população apresentando os problemas que alunos e professores passaram em 2010 no prédio que abrigou a escola e sobre a reforma que não termina.

“A promessa era que passaríamos só três meses naquele prédio, passamos um ano. Não aguentamos mais ficar ali. É ruim para o professor e, principalmente, para o aluno”, disse Sandra Morais, professora da escola e membro da direção executiva do SINTESE.

e distribuem panfletosA situação dos alunos e professores do Rogaciano Leão foi tema no último sábado (22) do programa do SINTESE no município “A hora da verdade”. Na ocasião, o assessor da SEED, Gilvado Ricardo entrou no ar e disse que a secretaria pretende formar uma comissão com membros da secretaria e professores da escola para buscar uma solução.

 

Prédio insalubre

Durante todo o ano de 2010 alunos e professores conviveram em um prédio apertado, com pouca iluminação e ventilação. “Foi um ano letivo estressante para os alunos que não podiam se movimentar por falta de espaço e também para os professores que não tinham condições de ministrar os conteúdos”, disse a professora Genúsia Cardoso Silva.