ADI contra o Piso pode ser julgada no dia 17 de março

39

GoogleA Ação Direta de Inconstitucionalidade 4.167 (ADI) que contesta alguns pontos da Lei do Piso dos Professores (PSPN) está com julgamento marcado para o dia 17 de março no Supremo Tribunal Federal (STF).

A CNTE espera que a Ação seja definitivamente julgada em favor dos professores e que os estados cumpram integralmente o que foi sancionado pelo então presidente Lula, em 2008. “Nós esperamos que o Supremo respeite o desejo do povo que teve o apoio do Congresso Nacional  ao votar por unanimidade em favor do Piso”, afirmou o presidente da CNTE, Roberto Leão.