3 iniciativas que podem mudar o mundo

41

O último dia do SWU também foi marcado pelo encerramento do 2º Fórum Global de Sustentabilidade, que discutia temas importantes para o desenvolvimento sustentável. O Fórum foi visto por mais de 1,5 milhão de pessoas pela internet e cerca de 3 mil pessoas passaram pelo Theatro Municipal de Paulínia nos três dias de debates. Mas o importante mesmo é o que ficou. Conheça agora 5 iniciativas legais que foram apresentadas no SWU e aprenda também como você pode fazer a sua parte. Afinal, começa com você.

1. Água

Jon Rose apresenta o filtro utilizado no projeto Waves for Water

O surfista americano Jon Rose é fundador da Waves For Water, um projeto que tem como missão salvar vidas levando água potável para comunidades carentes, vítimas de guerras e catástrofes naturais. A atuação da organização se dá através do fornecimento, a essas comunidades, de filtros especiais que transformam qualquer tipo de água imprópria em potável. Jon Rose contou sua experiência levando filtros d’água para comunidades de extrema pobreza – da Sumatra à Amazônia. Com um filtro capaz de purificar águas extremamente contaminadas, ele tem como missão de tentar mudar a vida das pessoas.

O site da organização aceita doações. Mas é possível ir além. Fique de olho nos lugares por onde passa o projeto e, se puder, junte-se à equipe.

 

2. Luz

Em algumas regiões da África, não há energia elétrica. Durante a noite, a única solução é utilizar lamparinas de querosene ou velas, que colocam vidas em risco e geram uma poluição que mata mais do que a malária. Steve Andrews, da organização SolarAid, contou no fórum do SWU sua experiência de criar lâmpadas movidas a energia solar e distribuir para a população, para reduzir os riscos à saúde. “Uma criança que nasceu num posto médico para onde levamos luz terá agora oportunidade de tomar vacinas que serão guardadas em refrigeradores movidos a energia solar e terão um futuro diferente”, diz.

O projeto tem uma frente específica de ação na África. Se você estiver no Brasil, fica difícil ser voluntário e ajudar com as próprias mãos. Mas dá para conhecer o SolarAid melhor e doar uma quantia em dinheiro, se você quiser ajudar.

 

3. Música

A música também pode mudar o mundo. O movimento surgiu em ações como USA For Africa (aquele, do “We are the world“) e o Band Aid, organizado pelo cantor inglês Bob Geldof. Na maior parte dos casos, dezenas de artistas e bandas se juntam para gravar uma música com uma causa específica. No caso do Band Aid, Geldof levou, nos anos 80, alimentação para milhares de crianças na Etiópia. O movimento fez surgir também os festivais Live Aid e Live 8 – que, por sua vez, inspiraram a criação do próprio SWU.
O II Fórum Global de Sustentabilidade SWU foi encerrado com uma promessa para o próximo ano. O criador do movimento, Eduardo Fischer, antecipou que os temas abordados em 2012 serão Água, Florestas e Energia. Ele disse também que parte da renda obtida com a bilheteria será doada a organizações sociais eleitas pelo público.

Fotos: SWU