Professores de Tomar do Geru em greve por tempo indeterminado

46

A falta de avanço nas negociações com a administração municipal levaram os professores da rede municipal de Tomar do Geru a entrarem em greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira, 20.

De acordo com a comissão de negociação, o prefeito José Adelmo Alves só diz que não há recursos para o pagamento do reajuste do piso de 22,22% (R$1.451,00), mas até o momento não recebeu os professores para discutir alternativas, apesar da secretária de Educação admitir em audiência realizada no último dia 13, que o município dispõe de recursos para o pagamento do reajuste.