Professores fazem bandeiraço no Parque dos Cajueiros

139

A reinauguração do Parque dos Cajueiros foi histórico para os professores da capital e do interior. O magistério público de Sergipe realizou um bandeiraço durante o evento com o objetivo de sensibilizar o governo Marcelo Déda a receber o sindicato e negociar o reajuste do piso da rede estadual e denunciar os prefeitos que ainda não pagam o reajuste estipulado para 2012.

Enquanto a população aracajuana chegava para conferir as obras feitas no parque os professores entoavam palavras de ordem, cantavam o mais novo sucesso entre o magistério (conheça AQUI) e distribuíram panfletos informando os motivos da greve da rede estadual que se iniciou no último dia 16.

Não vamos desistir

“Os professores estão na rua para que o sonho que lutamos por décadas, que é o nosso piso salarial, um dos primeiros passos da valorização e da dignidade profissional do magistério não seja destruído por uma decisão de governo”, afirmou a presidenta do SINTESE, Ângela Maria de Melo.

Audiência

Ao chegar ao parque acompanhado por sua comitiva, o governador foi recebido pelos professores com palavras de ordem e pelos pedidos de audiência.

Em seu discurso de inauguração o governador não compreendeu o papel dos educadores ao fazerem o seu protesto, chamando-os de mal educados. O Parque dos Cajueiros é um espaço de lazer para o povo de Sergipe, mas também é um espaço de manifestação popular. Os professores fazem parte do povo sergipano e eles foram a reinauguração do parque exercendo o seu papel de cidadão de protestar quando um direito seu está sendo usurpado.

Apoio

Durante toda a tarde e início da noite os professores foram saudados por aqueles que vieram ao evento e também por motoristas que passaram pelo local. Os estudantes das escolas estaduais Dom Luciano, Nestor Carvalho (em Itabaiana) e Lourival Batista (de Simão Dias) estiveram presentes ao ato apoiando a luta do magistério.Alunos do C.E Lourival Batista

“O povo foi solidário conosco porque eles entendem o papel social do professor, entende a luta do magistério por dignidade profissional e as pessoas sabem da nossa luta porque em toda família tem um professor”, apontou Ângela.

Presidenta

Na próxima segunda-feira, 23, os professores também farão mais um ato público. Dessa vez será em Rosário do Catete onde a presidenta Dilma Rousseff participará de uma solenidade na Vale do Rio Doce. Será um momento único para cobrar do governador Déda e prefeitos municipais o pagamento do reajuste de 22,22% do piso para todos os professores. Um ônibus sairá às 08h da Sede do SINTESE.