Em ocupação também tem atividade cultural

53

O SINTESE está desenvolvendo com os professores da rede estadual que ocupam a sede da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão – SEPLAG uma programação cultural que envolve debate sobre filmes, cordeis, música, ginástica, oficina de teatro e dança.

Nesta sexta (25) foram realizados os debates sobre o filme “Germinal” e do documentário “Pro Dia Nascer Feliz”, o último debate foi mediado pelo professor Neilton Diniz.

Os músicos Gladston Rosa e Minho San Liver fazem shows nas noites da sexta e do domingo. Os artistas vieram se apresentar na ocupação em solidariedade a luta dos professores e não cobraram cachê.

Os professores que estão participando da ocupação e dando apoio aos que participam do revezamento do jejum tiveram aula de ginástica.

O sábado foi dedicado a oficina de teatro ministrada pelo professor Aldo que também é o responsável pelo projeto “Palco na Luta” do SINTESE que usa a metodologia do Teatro do Oprimido.

A tarde será realizado o ensaio da quadrilha do SINTESE formada por professores da ativa e aposentados.

A manhã do domingo foi dedicada a programação infantil com o filme “Uma Professores muito Maluquinha”.

“Na ocupação da Seplag temos o momento de reivindicação, de reflexão, mas também de debate e descontração com elementos da nossa cultura e que também utilizamos em sala de aula com nossos alunos”, disse a vice-presidenta do SINTESE, Lúcia Barroso.