Ato reune entidades e sociedade civil em defesa do piso dos professores

76
Mais de 100 entidades apoiam essa luta

Amanhã, 31, um grande ato público reunirá mais de 100 entidades Mais de 100 entidades apoiam essa lutada sociedade civil organizada que apoiam a greve dos professores da rede estadual.

A concentração será a partir das 14h na Praça Fausto Cardoso, e o evento contará com uma grande programação de apresentações culturais e intervenções artísticas que iram informar a população sobre as reivindicações dos professores.

“Amanhã será uma dia histórico. Pela primeira vez quase 100 entidades da sociedade civil assinam uma nota se solidarizando com a luta dos professores da rede estadual de Sergipe. Por isso precisamos reunir o maior número de professores possível nesse ato. Todos os professores alunos e pais de alunos estão convidados. A praça amanhã é nossa”, diz Joel Almeida, diretor de comunicação do SINTESE,

O PISO É LEI
Para entidades como a CUT, CONAL, CNTE e o MNDH, a Lei 11.738, de 16/07/2008, sancionada pelo Governo Federal e referendada pelo Supremo Tribunal Federal, garante, no seu artigo 1o, o Piso Salarial Profissional Nacional para os profissionais do magistério público da educação básica, considerando o Plano de Carreira do Magistério Estadual. O MEC, utilizando-se dessa lei, já definiu desde fevereiro 2012 que o percentual de reajuste do piso é de 22,22%

Diante disso, esses órgãos reconhecem e apoiam a Luta do SINTESE pelo piso salarial nacional, ao tempo que nos solidarizamos com os professores que estiveram em jejum pelo resgate de sua dignidade profissional.