Revista Paulo Freire debate o impacto da corrupção na história do Brasil

77
Revista_Paulo_Freire_13

A edição de nossa revista neste mês de junho apresenta um texto Revista_Paulo_Freire_13inquietante do jornalista, professor e escritor José Arbex Júnior, um dos tantos parceiros do Sintese. Ele utiliza-se dos últimos acontecimentos na política brasileira, faz um rápido mergulho histórico e apresenta conclusões muito interessantes. Arbex trata dos 500 anos de falcatruas neste País e o caminho apontado por ele é um só: “nada acontecerá de fato, até que o Brasil liquide de vez o latifúndio da terra, do ar e das finanças e proclame a abolição real dos escravos”.

O professor da UFS, Romero Venâncio, revela para muitos de nós um pouco dos trabalhos da Nouvelle Vague francesa dos anos 50. Esse movimento da juventude é de extrema importância porque se dedicou a registrar “as ruas, os marginais, comportamentos libertários em termos de costumes conservadores”. É aí que Romero revela a cineasta belga Agès Varda e o filme “Sem teto, nem lei”. Outra leitura obrigatória.

O escritor e analista político Wladimir Pomar escreve nesta edição sobre as contradições do capitalismo atual. Ele aborda desenvolvimento, industrialização e o papel do Estado. E porque falar em Estado, a deputada federal Iriny Lopes (PT/ES) responde para todos nós “quem é o inimigo do País? Que é vocês Gilmar Mendes?” Ela trata as ações políticas e outras incursões na República do ministro do STF, nomeado por Fernando Henrique Cardoso. Diz Iriny: “Há os que se dedicam anos de suas vidas ao trabalho pela justiça social e há os que usam o manto da justiça em nome de interesses escusos”.

Ainda nesta edição: o professor Roberto Leher, da USP, faz uma avaliação da situação atual das universidades públicas brasileiras; o jornalista Cristian Góes, editor desta revista, sugere que identifiquemos os coronéis em nossa volta; o professor Roberto Santos , diretor do Sintese e vice-presidente da CUT/SE, denuncia em texto o escândalo da culinária do Governo Marcelo Déda, fazendo uma comparação com a alimentação das escolas públicas estaduais. É uma fartura tão grande palaciana que só em ler já se enche a barriga de indignação.

Promoção NAS ASSINATURAS
Os interessados em receber a revista em casa, todos os meses, podem fazer a assinatura anual, com os seguintes preços:

ASSINATURA SOCIAL – R$ 150 (12 exemplares)
ASSINATURA ANUAL NÃO FILIADOS – R$ 100 (12 exemplares)
ASSINATURA ANUAL NOVOS-FILIADOS – R$ 60 (12 exemplares)
ASSINATURA ANUAL FILIADOS – R$ 60 (12 exemplares)

A assinatura é a forma mais segura e solidária para ter acesso à revista. Para mais informações, acesso, assinatura, anúncios, envio de críticas, sugestões e textos entrar em contato com (79) 2104-9800 (Bárbara) e/ou revistapaulofreire@sintese.org.br sintese@infonet.org.br

 

É isso. Mais uma grande edição. Boas leituras e debates.


Ângela Melo
Presidenta do Sintese