E.E. Frei Inocêncio em Socorro paralisa as aulas por falta de estrutura

53
Cenário do abandono na EE Frei Inocêncio

Na última quinta-feira, 08, o SINTESE recebeu o relato da Cenário do abandono na EE Frei Inocênciocomunidade escolar da Escola Estadual Frei Inocêncio. Professores, alunos e funcionários decidiram suspender as aulas desde a última segunda-feira, 05, pela total falta estrutura na escola. A unidade de ensino está localizada no povoado Sobrado, em Nossa Senhora do Socorro.

Em relato enviado ao SINTESE pela comunidade escolar o cenário desolador. Não há executores de serviços básicos para fazer a limpeza da escola. Quem fazia o serviço de forma alternativa eram membros da equipe diretiva e oficiais administrativos. A sujeira faz com que se prolifere ratos, insetos e até morcegos, colocando em risco a saúde de alunos, professores e servidores. O transporte escolar também não está funcionando com regularidade.

Segurança

A falta de vigilantes deixa a escola vulnerável. O estabelecimento
frei 17 conta hoje só com um vigilante e este trabalha apenas no turno da noite. Durante o dia já virou rotina pessoas estranhas pularem o muro da escola e irem para a fila para receber alimentação escolar.

A estrutura física da escola também é precária. A maioria das janelas está quebrada e algumas salas estão sem janelas. A iluminação é insuficiente. Algumas paredes apresentam rachaduras em sua estrutura. Parte da área da escola não conta mais com muro e o terreno é utilizado como pasto e os animais chegam a invadir o prédio da unidade de ensino.

Falta de professores

A comunidade escolar também denuncia a falta de professores. O ensino médio está sem professor de Espanhol e de Química. No ensino fundamental faltam docentes em Ciências, História, Religião e Cultura Sergipana.

É grave a situação do Frei Inocêncio, pois esta é a única escola da rede estadual que oferece ensino médio para as comunidades do povoado Sobrado, Loteamento Santa Cecília, Boa Viagem, Parque São José, Nossa Senhora de Fátima.

A comunidade escolar já oficializou denúncia e o SINTESE irá reforçá-la nos órgãos fiscalizadores.

VEJA MAIS FOTOS
{vsig}frei_inocencio{/vsig}