Após pressão da comunidade escolar turno da noite da E.E. 8 de julho é mantido

182
Alunos comemoram a manutenção do turno da noite

Alunos comemoram a manutenção do turno da noite

O turno da noite na Escola Estadual 8 de Julho será mantido. Esse foi o resultado da audiência ocorrida na manhã da última segunda-feira, 11, na Secretaria de Estado da Educação – SEED. A audiência foi marcada em resposta ao ato público realizado por alunos, professores, pais e o SINTESE em frente ao prédio da SEED.

Munidos de cartazes comunidade escolar reivindicava o não fechamento do turno noturno da escola que está localizada no conjunto Castelo Branco.  O argumento apresentado pela SEED era o baixo número de alunos.

Acompanhados do diretor do departamento de Base Estadual, Roberto Silva dos Santos, eles foram recebidos por uma comissão da SEED. O diretor do SINTESE começou a audiência informando que os professores procuraram o sindicato com a informação de que o turno da noite seria fechado. “A escola 8 de Julho é uma escola de tradição na comunidade e representa uma data histórica em nosso Estado. Fechar o turno noturno é deixar toda uma comunidade desamparada”, apontou a professora de História, Ana Paula.

Os professores também informaram que por iniciativa própria e com o apoio do SINTESE faixas foram colocadas e um carro de som circulou a região anunciando que as matrículas estavam abertas, em três dias o número de matrículas dobrou. A escola é a única da região que oferece a modalidade Educação para Jovens e Adultos no Ensino Fundamental.

O prédio original está em reformas desde junho de 2012 e a escola funciona no Instituto Lourival Fontes, que não tem a mínima condição de receber os alunos. “Fizemos muitos sacrifícios para a escola continuar funcionando mesmo em um prédio que não tem condições. É injusto fecharem o turno noturno”, disse o professor Washington que leciona Educação Física.

Após as falas a coordenadora pedagógica da Diretoria de Educação de Aracaju – DEA, professora Juciene Santos garantiu que o turno da noite continuará funcionando.

Sobre a reforma, os assessores da SEED informaram que até a próxima segunda-feira, 11, apresentarão um cronograma de andamento da obra. A justificativa para o atraso da obra é que a empresa vencedora da licitação não teve condições de termina-la. A obra deveria ter sido concluída em março deste ano e está orçada em R$955.948,42

A Escola Estadual 8 de Julho foi fundada em 1969 e é um estabelecimento tradicional na comunidade e tem como nome a data mais importante do nosso Estado, pois em 8 de julho de 1820 que Sergipe tornou-se independente da Bahia.