Reajuste do piso 2014: SINTESE apresentará contraproposta ao governo

71

A comissão de negociação do SINTESE participa de A comissão de negociação do SINTESE participa de audiência na próxima quinta-feira, dia 27, às 10h, na Secretaria de Estado de Planejamentoaudiência na próxima quinta-feira, dia 27, às 10h, na Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão (SEPLAG), para apresentar ao secretário Augusto Gama, a contraproposta elaborada pelos professores da rede estadual de ensino sobre a forma de pagamento do reajuste do piso salarial do magistério de 2014, estabelecido em 8,32%, e sobre o passivo trabalhista de 2012.

A proposta apresentada pelo governo, em audiência com o SINTESE, no dia 10 de março, consiste em:

1- Pagamento do reajuste e retroativo 2014:o governo propôs conceder o reajuste do piso salarial de 2014, em abril sendo que seu pagamento seria feito em folha suplementar no dia 10 de maio. Já o retroativo referente aos meses de janeiro, fevereiro e março seriam pagos nos meses de setembro, outubro e novembro de 2014.

2- Pagamento do passivo trabalhista de 2012:foi proposta a formação de uma comissão paritária composta por membros da equipe técnica do governo do estado e representantes do SINTESE para discutir o pagamento do passivo trabalhista de 2012.

A contraproposta formulada pelo magistério em assembleia, no dia 11 de março, foi:

1- Sobre o pagamento do reajuste e retroativo 2014:o magistério propôs que o pagamento do reajuste do piso passaria a vigorar a partir deste mês de março. Já o retroativo, referente aos meses de janeiro e fevereiro, seria pago nos meses de julho e agosto;

2- Sobre o pagamento do passivo trabalhista de 2012: o passivo trabalhista referente a 2012 seria pago ainda este ano, a forma de pagamento seria definida na comissão paritária formada por representantes do SINTESE e das secretarias de: Planejamento, Orçamento e Gestão; Fazenda, Educação, Governo e o Sergipe Previdência.

“A contraproposta formulada e aprovada pelo magistério em assembleia foi enviada ao governo do estado via ofício. Vislumbramos a possibilidade real do pagamento do reajuste do piso de 2014 ser feito em março e o retroativo pago nos meses de julho e agosto. Além do pagamento do passivo trabalhista de 2012 sair ainda esta ano, a categoria entende que é um passivo devido e o próprio governo nas negociações realizadas em 2013 assumiu a dívida e se propôs a negociar.  Por isso, os professores da rede estadual esperam que o governo se sensibilize e  aceite a nossa contraproposta”, coloca a presidente do SINTESE, Ângela Maria de Melo. 

Assembleia

No dia 2 de abril (quarta-feira), acontece no Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, às 9h, assembleia extraordinária dos professores da rede estadual, onde serão debatidos os resultados da negociação com o governo do estado.

Pauta da assembleia:

1-      Informes sobre a negociação com o governo do Estado, relativo ao pagamento do piso salarial do magistério 2014 e passivo trabalhista, relativo ao exercício 2012;

2-      Encaminhamento de luta contra o “dia D”, do índice de avaliação de desempenho, através do compromisso de gestão;

3-      Eleições dos delegados do SINTESE para a plenária estadual da CUT;

4-      O que ocorrer