Rede estadual: mobilização dos professores reverte municipalização em Poço Verde

77

Os professores do Colégio Estadual São José, no povoado de mesmo nome localizada no município de Poço Verde obtiveram uma vitória significativa nesta última segunda-feira, 02. O prefeito do município Thiago Dória informou a comunidade escolar que a administração não irá receber a escola e que descarta a possibilidade de buscar municipalizar outras unidades escolares da rede estadual.

Os educadores ao saberem que a escola estava em processo de municipalização fizeram uma mobilização com a população do povoado, através de um abaixo assinado que solicitava a não cessão da escola para a rede municipal.

Política de desresponsabilização

A prática de municipalização das escolas tem sido utilizada nos últimos anos pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Educação – SEED para se desresponsabilizar pelo Ensino Fundamental. Através de uma interpretação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação – LDB a SEED argumenta que a obrigação de oferecer as turmas do 1º ao 9º ano é somente do município. Tal fato não pode ser considerado verdadeiro. A LDB diz que a oferta das séries do Ensino Fundamental é de responsabilidade tanto do Estado quanto do município.

A direção do SINTESE deixa claro que não é contra a municipalização, pois ele é um instrumento que se bem utilizado pode trazer benefícios, o sindicato é contra a forma como tem sido feito o processo. Nenhum estudo aprofundado é feito. As escolas são simplesmente repassadas para os municípios, não levando em consideração se eles têm capacidades de mantê-las no futuro. Isso sem contar que professores e funcionários ficam em situação empregatícia vulnerável.

“Essa prática é irresponsável e absurda. A SEED simplesmente se desresponsabiliza pela oferta do Ensino Fundamental, pois não leva em consideração nenhum diagnóstico que comprove a necessidade de se municipalizar as escolas. É uma decisão que não tem nenhum critério”, aponta Roberto da Silva Santos, diretor do departamento de Assuntos de Base Estadual do SINTESE que esteve na segunda-feira em Poço Verde.

Problema nos recursos

A municipalização feita sem critério também afeta os recursos da Educação que ficam no Estado. Como o financiamento da Educação é baseado no número de alunos matriculados, com isso chega-se a uma conta simples: quanto menos alunos matriculados, menos recursos a rede estadual recebe.