Tomar do Geru: professores paralisam atividades e realizam ato no dia 12

63

Os educadores da rede municipal de Tomar do Geru decidiram em paralisar as atividades nos dias 12, 13 e 14. Os membros do magistério municipal reivindicam melhor estrutura das escolas, alimentação escolar de qualidade e pagamento dos passivos trabalhistas a partir de 2012, o 1/6 ferial dos anos de 2012 e 2015, além do reajuste do piso de 2015.

Nos três dias a categoria irá cumprir uma agenda de lutas para denunciar os problemas da educação no município.

Dia 12 a partir das 7h30 o magistério faz um café da manhã na praça do calçadão. Após o ato, haverá uma caminhada dos professores e professoras para solicitar audiência no Ministério Público para que o órgão possa intermediar a negociação entre o prefeito de Tomar do Geru, Augusto Soares Diniz e o SINTESE.

No dia 13 os educadores percorrerão os povoados Brejinho e Campo de Nossa Senhora eo Assentamento Serra do Rio Real para expor às comunidades locais a situação educacional no município. O dia 14 será voltado para curso de formação.