Bandidos invadem e roubam o Colégio Estadual Tobias Barreto

36
Armários dos professores foram arrombados e revirados pelos bandidos

Pela quarta vez, somente em 2015, ladrões invadiram o Colégio Estadual Tobias Barreto, localizado no Armários dos professores foram arrombados e revirados pelos bandidosCentro de Aracaju, na madrugada desta quarta-feira, 12.  Os bandidos entraram pela lateral do colégio, arrombaram a porta que dá acesso a direção e entraram na sala dos professores onde arrobaram armários e reviraram os pertences dos docentes. Desta vez foram levados a cafeteira, uma sanduicheira e o relógio de parede. Todos os objetos haviam sido comprados pelos próprios professores para a sala.

O Colégio Estadual Tobias Barreto conta com vigilante somente até à meia noite. Após este horário não há outro profissional para substituir o vigilante que entra às 18h e fica até à 0h. Da meia noite às 6h o Colégio fica ‘ao deus dará’, suscetível à ação de vândalos e ladrões.

Mas os problemas com segurança não aparecem somente após a meia noite. Para evitar que ao longo do dia pessoas estranhas entrem nas dependências da unidade de ensino, a direção da escola passou a manter sempre trancado o portão que dá acesso ao estacionamento do colégio.

A falta de segurança também extrapola os muros do Tobias Barreto. De acordo com relatos dePortão arrobado pelo bandido para ter acesso ao Colégio professores, vários alunos já foram assaltados nas imediações do Colégio, tanto nos horários de entrada como nos de saída.

“A questão aqui não está só no valor do que foi levado, nem na quantidade de coisas, mas a facilidade que bandidos têm de entrar em nossas escolas, não é normal um colégio ser invadido quatro vez em menos de um ano. Infelizmente professores, estudantes e funcionários das escolas da rede estadual têm convivido diariamente com a falta de segurança dentro e fora das unidades de ensino. Isso sem dúvida é reflexo da política de abando que a Secretaria de Estado da Educação e o Governo do Estado estão promovendo nas escolas estaduais de Sergipe” coloca a diretora do departamento de Base Estadual do SINTESE, professora Ubaldina Fonseca, que esteve no Colégio Estadual Tobias Barreto na manhã desta quarta-feira, 12, para levar apoio e solidariedade aos professores.