Em greve, professores de Propriá pedem apoio a vereadores

82

Professores(as) de Propriá estiveram presente na terça-feira (18/08/15) na Câmara de Vereadores para solicitar o apoio dos parlamentares para que eles cobrem do Prefeito Zé Américo o pagamento em dia e integral dos salários dos Profissionais do Magistério.

O diagnóstico sobre a realidade educacional de Propriá foi apresentado no plenário da Câmara Municipal pela Professora Sandra Moraes, diretora do Departamento de Bases Municipais do SINTESE.

Foi ressaltado que “nenhum trabalhador tem estímulo em trabalhar de barriga vazia”, portanto, diante dessa situação não há condições de ter um bom rendimento no trabalho, declarou a Professora Sandra Moraes.

Os Vereadores de Propriá assumiram o compromisso de buscar uma solução para os problemas e alternativas para que o prefeito negocie com o SINTESE uma saída para a greve dos educadores.