Transitado em julgado: Prefeitura de São Cristóvão deve pagar regência de classe aos professores na folha de março

91
manchete julgamentosc regencia

Não há mais como recorrer, a Prefeitura de São Cristóvão deve manchete julgamentosc regenciapagar os 25% da regência de classe na folha de pagamento de março.

O retorno do percentual de 25% para a regência de classe foi obtido após decisão (no mês de maio de 2016) favorável da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça à ação judicial movida pelo SINTESE.

A prefeitura recorreu e nesta sexta-feira, 03, a Justiça negou o recurso e confirmou a decisão da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça.

Na ação, o sindicato solicitou a nulidade da Lei Complementar 28/2013 de autoria do Poder Executivo, à época comandado por Rivanda Farias. A lei reduziu a regência de classe de 25% para 1%, agora com a decisão judicial o magistério vai poder recuperar uma parte da carreira.

Para o SINTESE cada vitória é um passo importante no processo de reconstrução da carreira do magistério sancristovense que destruída a partir de 2013. A expectativa do sindicato é que a atual gestão cumpra a decisão judicial.

No dia 08 de março às 15h acontece audiência entre a comissão sindical e a administração municipal para discutir sobre o reajuste do piso de 2017.