Estudantes do C. E. Djenal Queiroz denunciam falta de professoras na DEA

69
Estudantes, acompanhados da professora Cláudia Oliveira foram recebidos pela diretora da DEA, Eliane Passos

Estudantes, acompanhados da professora Cláudia Oliveira foram recebidos pela diretora da DEA, Eliane Passos

Uma comissão de estudantes do Colégio Estadual Gov. Djenal Tavares Queiroz esteve na Diretoria de Educação de Aracaju – DEA denunciando a falta de professores no colégio.

A professora Cláudia Oliveira que ensina no colégio e é diretora do Departamento de Bases Estadual acompanhou os estudantes, que entregaram à diretora do órgão um abaixo assinado solicitando a lotação de professores na escola.

Atualmente faltam 08 professores de diversas disciplinas. “Em algumas turmas não tem tido aula às sextas, pois não há professores”, aponta a estudante Gabrielle Cristine do 2º ano do Ensino Médio.

Faltam professores nas áreas de Física, Espanhol, Educação Física, Química, Matemática, Artes Cênicas e também para as atividades integradoras.

A diretora da DEA, Eliane Passos disse que o órgão está fazendo levantamento de todos os professores das 86 escolas de Aracaju para verificar carga ociosa e lotá-los, dentro do possível, nas escolas onde faltam docentes e que a situação do Djenal Queiroz seria resolvida até o final desta semana.

“Esperamos que a DEA resolva essa situação o mais rápido possível, pois os estudantes são os maiores prejudicados”, aponta Cláudia.