SINTESE se solidariza aos camponeses em greve de fome contra reforma da previdência

207
Trabalhadores rurais de Sergipe em greve de forma contra reforma da previdência

Trabalhadores rurais de Sergipe em greve de forma contra reforma da previdência

O SINTESE se solidariza aos camponeses do Movimento de Pequenos Agricultores – MPA que iniciou hoje, 11, em Sergipe greve de fome contra a Reforma da Previdência. A ação em Sergipe faz parte de um movimento articulado nacionalmente e foi iniciado no último dia 05 na Câmara Federal.

Eles só sairão da greve de fome quando os deputados federais desistam de votar o Projeto de Emenda Constitucional (PEC 287) que estabelece a Reforma da Previdência. 
Para os pequenos agricultores a propaganda do presidente ilegítimo Michel Temer em dizer que a reforma da previdência não vai atingir os trabalhadores rurais é um farsa.

A atual lei diz que os trabalhadores do campo são “segurados especiais” da Previdência Social. Nesta categoria, a contribuição à Previdência Social é feita a partir da comercialização do que é produzido pelo trabalhador. Mas, ao abrir a possibilidade de que seja estabelecida uma taxa fixa de contribuição, impossibilita a aposentadoria de praticamente todos os trabalhadores do campo.

O SINTESE manifesta todo o seu apoio a greve de forma e solicita que a Câmara Federal e Governo Federal atendam as reivindicações e preserve a vida dos manifestantes e o direito à aposentadoria historicamente conquistados.