Comunidade escolar em Cedro de São João denuncia péssima estrutura de escola que funciona como Ensino Médio em Tempo Integral

92
Essa é a quadra poliesportiva

Essa é a quadra poliesportiva

Membros da comunidade escolar do Colégio Estadual Manuel Dantas, localizado no município de Cedro de São João, denunciaram, através das redes sociais, a péssima estrutura física da escola que funciona como Centro Experimental de Ensino Médio em Tempo Integral.

O refeitório funciona em uma sala de aula. Banheiros danificados. No masculino não há mictórios, somente uma pia e um chuveiro. Isso quando não está interditado.

O mato no entorno da quadra poliesportiva e a estrutura flagrantemente enferrujada fizeram com que o acesso ao espaço esteja interditado. Não há material para estudo no Laboratório de Ciências e no de Informática somente um dos 20 computadores funciona.

“É desumano exigir que estudantes e professores passem mais de seis horas desenvolvendo suas atividades sem que o mínimo de dignidade seja garantida”, aponta Cláudia Oliveira, diretora do Departamento de Base Estadual do SINTESE.

O SINTESE denunciou que a adesão da escola ao modelo de ensino integral não ocorreu de forma transparente. O conselho escolar decidiu sem consulta a comunidade.

O sindicato já enviou ofício aos órgãos fiscalizadores apontando as denúncias e solicitando providências.

 

 

VEJA MAIS FOTOS

{phocagallery view=categories|categoryid=37} {phocagallery view=category|categoryid=37|limitstart=0|limitcount=10|enableswitch=1}