Neópolis: Comissão de Negociação será recebida nesta terça, dia 10

Na pauta: as condições da estrutura física das escolas e também o reajuste do piso da categoria que não é aplicado há 5 anos

433

Nesta terça, dia 10, às 10h, integrantes da comissão de negociação do SINTESE em Neópolis e da coordenação da subsede do Baixo São Francisco II serão recebidos pelo prefeito Célio Lemos.

Na pauta as condições da estrutura física das escolas e também o reajuste do piso da categoria.

Em greve desde o dia 06 de fevereiro, os professores e professoras buscaram sensibilizar o prefeito Célio Lemos para que recebesse e categoria e buscasse alternativas para solucionar o problema. Mas só após três dias que ocupação do prédio da prefeitura com participação de pais, mães, responsáveis dos estudantes, professoras, professores é que uma audiência foi marcada.

Problemas nas escolas

A estrutura física da maior parte das escolas de Neópolis é problemática. A situação das escolas em Neópolis é extremamente precária.

São salas sem ventilação e iluminação adequadas; paredes rachadas; telhados com infiltrações; pisos e instalações elétricas danificados. Água imprópria para o consumo humano; esgoto a céu aberto no interior da escola, muros caindo.

Não respeita a lei do piso

Descompromisso e desrespeito permeiam a relação da administração municipal neopolitana com o magistério, pois são cinco anos sem reajuste de salários, o que dá a Neópolis o vergonhoso terceiro lugar entre os municípios que pior paga os professores em Sergipe.