A educação à distância não substitui a educação presencial

403

Na condição de pesquisadores que se dedicam à problemática da educação escolar e têm suas trajetórias pautadas no compromisso com a escola pública, dirigimo-nos às professoras e professores brasileiros cuja atividade docente encontra-se afetada pelas medidas de distanciamento social que os governos estaduais e municipais têm corretamente instituído para combate e mitigação dos efeitos da pandemia da Covid-19.

Confira o posicionamento de 16 pesquisadores da área da Educação no texto “Ponderações sobre o ensino escolar em tempos de quarentena: carta as professoras e professores brasileiros”

Confira o texto clicando AQUI