SINTESE realiza live sobre Novo Fundeb e o congelamento dos salários dos servidores públicos

Os salários dos professores e professoras das redes municipais e estadual também será afetado

685

Nesta terça, dia 05, a partir das 9h, o SINTESE realiza mais uma live. Dessa vez o tema será “O Novo Fundeb e o congelamento salarial dos servidores”, para tratar o assunto o sindicato convidou o Prof. Dr. Salomão Ximenes da Universidade Federal do ABC.

Para acompanhar a live é só clicar no link
https://www.youtube.com/watch?v=5UoyzSRhfyM

Durante a live serão debatidos os seguintes pontos:

1. O histórico das propostas do NOVO FUNDEB e os relatórios da deputada federal Dorinha;

2. As propostas das organizações da sociedade civil brasileira que defendem mais recursos para o NOVO FUNDEB;

3. A força e as articulações das organizações empresariais, do Ministério da Economia e dos parlamentares que são contrários a ampliação de recursos para o novo FUNDEB;

4. O projeto de lei que determina o CONGELAMENTO DE SALÁRIOS DOS SERVIDORES PÚBLICOS em troca do auxílio financeiro aos estados e municípios;

5. A possibilidade de que venha a ser proibido o reajuste anual do Piso Salarial dos Professores e Professoras por causa dessa lei que congela os salários dos servidores públicos e proíbe a progressão funcional.

Quem é Salomão Ximenes?

Além de professor da UFABC, Ximenes é membro do Comitê Executivo da Campanha Nacional pelo Direito à Educação. Autor de vários artigos e livros sobre o DIREITO À EDUCAÇÃO, além de reconhecido pesquisador sobre o financiamento da educação pública no Brasil.

Atuou de forma contundente no STF – Supremo Tribunal Federal como advogado de defesa da tese vitoriosa da CONSTITUCIONALIDADE da Lei 11.738/2008, que dispõe sobre o Piso Salarial dos Profissionais do Magistério Público de Educação Básica. Desde 2018 acompanha a tramitação do projeto de lei do NOVO FUNDEB no Congresso Nacional.

O que? Live do SINTESE
Quando? 05/05/2020 às 9h
Onde? Canal do SINTESE no Youtube no Link https://www.youtube.com/watch?v=5UoyzSRhfyM
Com quem? Prof. Dr. Salomão Ximenes da Universidade Federal do ABC