Conselho de representantes do SINTESE aprova que CNTE deve ingressar com pedido de impeachment de Bolsonaro

Para o SINTESE, as ações de Bolsonaro tem colocado em risco a saúde e a vida da população brasileira

173

O Conselho de Representantes do SINTESE – CERES aprovou proposta de que a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE ingresse na Câmara dos Deputados com o pedido de impedimento do Governo Bolsonaro, nos termos da Constituição da República Federativa do Brasil, o sindicato já comunicou, via ofício, a decisão à CNTE.

A constante defesa a retorno da Ditadura, com participação de atos que exigiam o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal; o uso do cargo de presidente para interferir em investigações da Polícia Federal em benefício da própria família: tem constantemente ido contra e as liberdades o decoro ao descredibilizar profissionais e veículos de imprensa; em meio a crise sanitária decorrente do coronavírus assumiu postura irresponsável e contrária às recomendações sanitárias, colocando em risco a saúde e a vida dos brasileiros.

Essas e outras condutas são tipificadas como crime de responsabilidade à dignidade, honra e decoro no exercício do cargo de Presidente da República e por isso, com base nos preceitos constitucionais o atual presidente precisa ser, urgentemente, retirado do cargo.

Confira na íntegra, o oficio enviado pelo SINTESE AQUI