SEGUNDA: Centrais, Sindicatos e Frentes vão doar sangue no HEMOSE

46

Por Iracema Corso – CUT/SE

O movimento sindical vai doar sangue na manhã desta segunda-feira (dia 27/7), a partir das 7h da manhã, no HEMOSE, em frente ao Tribunal de Contas de Sergipe. A atividade simbólica em defesa da vida cobra o fechamento total das atividades econômicas em Sergipe, o impeachment de Bolsonaro e eleições gerais já.

A ação é organizada pelas frentes antifascistas Brasil Popular, Povo Sem Medo e centrais sindicais CUT, CTB, UGT e Conlutas que exigem providências mais severas para derrotar a pandemia do Coronavírus. Sem uma estratégia eficaz para vencer a doença, a Covid-19 já assassinou mais de 81 mil brasileiros, enquanto que, em Sergipe, mais de 1100 famílias perderam seus entes queridos.

O movimento sindical e social denuncia que “a cada dia, novos acordos lucrativos são fechados entre parlamentares e governos para privatizar bens públicos e políticas sociais. Exemplo recente está na privatização do saneamento básico, da água. O ministro Paulo Guedes e Bolsonaro preparam a venda de importantes empresas públicas como Petrobras, Correios, Banco do Brasil e Eletrobrás”.

Para as lideranças sindicais e militantes sociais, o momento é crítico, doloroso e é preciso reagir. “Mais não podemos desviar nossa atenção dos graves problemas sociais em curso: desemprego e fome crescente entre as famílias trabalhadoras, ausência de proteção adequada para os trabalhadores da saúde enfrentarem a pandemia e Estado que não garante o básico para o viver bem a quem precisa”, afirmaram.