Enquanto aposentados e pensionistas empobrecem, Estado faz caixa

74

A Reforma da Previdência Estadual que estabeleceu o desconto de 14% a partir do mês de abril trouxe impacto negativo para a vida dos aposentados e pensionistas do Estado.

Quatrocentos, quinhentos, setecentos, oitocentos reais a menos em seus proventos. Esse foi o impacto real da Reforma da Previdência na vida dos aposentados e pensionistas do Estado de Sergipe.
Mas nem todos estão a refazer contas para continuar com suas vidas. O “caixa” do Governo do Estado agradece.

Dados analisados pelo DIEESE, a partir dos números apresentados pelo Sergiprevidência, apontam que entre maio de 2019 e maio de 2020 o número de aposentadorias e pensões paga pelo Sergipeprevidência caiu. Em 2019 este número era de 33.321 e em 2020 temos 29.525 totalizando 3.796 pessoas a menos.

Somem-se a esses dados o aumento na contribuição previdência. De acordo com a Reforma da Previdência Estadual aprovada pouco depois do Natal de 2019, os servidores públicos estaduais da ativa passaram a descontar 14% e os aposentados que até então só tinham desconto quando ultrapassavam o teto do INSS também passaram a contribuir (novamente diga-se de passagem) com 14%.

O saldo da diminuição no número de pensões e aposentadorias mais o aumento na contribuição previdenciária criou os seguintes cenários.

O total de pagamentos de aposentadorias e pensões passou de uma média de R$60 milhões (entre janeiro e abril de 2020) para por volta de R$77 milhões (dados de maio e junho).
O segundo cenário é que o total do pagamento de aposentadorias e pensões reduziu de R$182 milhões em março para R$146 milhões em abril.

Governo engabela aposentados e pensionistas
Sabendo que o desconto dos 14% afeta negativamente a vida dos aposentados (as) e pensionistas, o governo em abril começou a pagar, de forma parcelada, o décimo terceiro de 2020.
Mas sabe de onde vem esse dinheiro? Justamente dos 14% descontados das aposentadorias e pensões. E isso não é o Sintese quem diz, o próprio governador falou em entrevistas de tv e rádio.

Ação judicial
Em janeiro de 2020 o SINTESE, e outros sindicatos, impetraram ações judiciais para impedir o desconto para todas as aposentadorias e pensões. O processo ainda tramita no Tribunal de Justiça de Sergipe.