Magistério de Nossa Senhora das Dores na luta por direitos

38

Nesta quarta, 16, professoras e professores das escolas municipais de Nossa Senhora das Dores percorreram as ruas do município para denunciar os problemas da Educação e a política de desvalorização do prefeito dr. Thiago.

Estamos próximos de completar seis meses de pandemia e até agora as famílias dos estudantes das escolas municipais só recebeu um kit de alimentos.

Isso sem contar que o município adotou aulas online, mas não garante o acesso à internet e nem equipamentos para os estudantes. É a conhecida política do “se vire”, quem puder sacrificar algo para garantir as aulas online, faz, quem não puder, os estudantes ficam sem aulas. Um total desrespeito ao Direito à Educação.

Outra situação grave é que a gestão de Dr. Thiago não informa corretamente a situação salarial dos professores e professoras ao INSS, ou seja, sonega informações reais dos profissionais do magistério criando um grande obstáculo na aposentadoria.

Desde sempre o sindicato está aberto ao diálogo na busca de resolver os problemas, mas a gestão de dr. Thiago prefere continuar nessa política de desvalorização do magistério e de descuido com os estudantes e suas famílias.