Vitória: Justiça determina que prefeitura de Malhada dos Bois faça reintegração de professor

88

O juiz da Comarca de Cedro de São João concedeu liminar ao SINTESE e determinou que a prefeitura Municipal de Malhada dos Bois em 48 horas reintegre o professor José Vanderley Santos Silva à Escola Municipal Romeu de Aguiar Figueiredo.

Vanderley foi vítima de perseguição política e removido da escola pelo fato de defender o Direito à Educação dos estudantes das escolas municipais de Malhada dos Bois. O professor contestou o fato da administração não ter garantido o acesso à equipamentos e franquia de internet para que os estudantes tenham acesso às aulas online.

O professor que também é coordenador geral da subsede do Baixo São Francisco I também tinha sido removido dos grupos de aplicativos utilizados para as aulas remotas e ainda corria a risco de ter o salário cortado.

“Fez-se justiça. Cumpro o meu papel como professor e como dirigente sindical que é defender meu fazer pedagógico e o direito dos estudantes ao acesso às condições para aprenderem, a prefeitura de Malhada dos Bois deveria fazer o que é certo e não perseguir quem reivindica um direito”, afirmou Vanderley.