Prefeitura de Pacatuba exclui estudantes durante a pandemia

48

A Secretaria Municipal de Educação de Pacatuba adotou as aulas online justificando que era o jeito de garantir o ano letivo de 2020.

Mas, em nenhum momento, conversou com pais, mães e responsáveis dos estudantes das escolas municipais se eles tinham condições de garantir equipamentos (celular, notebook ou tablets) e também não ofereceu nenhum auxílio para isto.

A única solução apresentada foi imprimir apostilas e entregar aos estudantes. Sabemos que o papel facilita a transmissão e o contágio do coronavírus, mas pelo visto, a prefeitura de Pacatuba não está preocupada com saúde das famílias e dos estudantes das escolas municipais.

Os professores, através do SINTESE, buscaram a Secretaria de Educação e a Prefeitura para que fossem comprados tablets ou celulares, além de chips de internet para que os estudantes possam ter acesso as aulas online e o papel deixar de ser distribuído.

Em audiência, a secretaria de Educação até concordou com o SINTESE, mas não apresentou nenhuma solução.

Ou seja, para a prefeitura de Pacatuba não importa se maioria dos estudantes não tem acesso as aulas online ou se estão expostos ao coronavírus.