A vacinação do magistério é resultado da nossa luta

194

A vacinação começou para professores e professoras. Em alguns municípios todos os educadores e educadoras (independente de faixa etária) foram vacinados, em outros priorizou os que ministram aulas na Educação Infantil e nos primeiros e segundo anos do Ensino Fundamental. No caso dos municípios que adotaram a segunda postura o Sintese enviou ofício solicitando a ampliação da vacinação para todos os educadores, priorizando o que estão nas escolas.

O início da vacinação é resultado da luta dos professores e professores que na assembleia unificada do dia 04 de maio deliberaram greve contra o retorno das aulas presenciais.

O sindicato lembra que o início da vacinação não significa que já há condições para o retorno das aulas presenciais. A greve pela vida continua. É necessário que os trabalhadores da Educação passem pelo processo completo de imunização (duas doses e período para adquirir anticorpos), haja testagem em massa e periódica dos estudantes e condições sanitária das escolas.

Baixe o cartaz, imprima e leve para a vacinação.

Vamos marcar a nossa vitória, afinal #nossalutavenceu

Poste nas redes sociais e marque o Sintese

Instagram @sintese.sergipe

Twitter @sintese