Prefeitura esconde desorganização na vacinação intimidando professores e professoras

110

A prefeitura de Itabaianinha ao invés de admitir que não conseguiu organizar os calendários de vacinação da gripe e da Covid-19 para o magistério e não sabe quais os professores trabalham em outros municípios, resolve manipular informações e colocar a culpa nos professores e professoras.

O prefeito, com objetivo de colocar a população contra os professores sai com uma nota dizendo que “40% dos professores não querem se vacinar”. Como ele pode afirmar que os professores não se vacinaram “porque não quiseram”? No momento em que, por culpa do governo federal que não comprou doses ainda em 2020, não há doses o suficiente para todos e todas e podemos garantir que os professores e professoras de Itabaianinha não se furtariam a ter acesso às imunização que só foi garantida para o magistério depois de muita luta e uma greve contra as aulas presenciais.

A prefeitura de Itabaianinha parece “esquecer” de algumas situações: primeiro quando se toma a vacina para gripe é preciso aguardar um prazo de, no mínimo, 14 dias para que o organismo esteja apto para ser imunizado contra a Covid-19.

Em segundo lugar a administração municipal parece “não saber” que existem professoras e professores que trabalham e moram em outros municípios e que estavam aptos a tomar a vacina e que algumas destas cidades estão com a vacinação mais adiantada e que, por isso, os professores não se vacinaram em Itabaianinha.

Ainda há o fato de que diversos professores e professoras estão se recuperando dos efeitos de terem contraído a Covid-19 e, por isso, sequer podem ser vacinados.

O que a administração de Danilo Carvalho fez foi “jogar palavras ao vento”, pois a informação que circula na cidade é de sequer existe publicizada uma lista específica do magistério.

Isso sem contar com praticamente uma campanha de difamação dos professores, quando a foto de uma professora, que foi tirada bem antes da pandemia, é utilizada para, mais uma vez, colocar o povo de Itabaianinha contra o magistério. É uma ação vergonhosa.

Faça o que deve fazer prefeito, dê condições para que os estudantes das escolas municipais tenham aula sem se que eles se exponham e exponham suas famílias à Covid-19, disponibilize conexão a internet, equipamentos e também para os professores e professoras realizarem o seu trabalho. Essa campanha de tentar colocar o povo contra o magistério porque educadoras e educadores exigem os seus direitos só vai trazer prejuízos para o povo de Itabaianinha.