7 de setembro é dia de ocupar as ruas contra desvarios de Bolsonaro e por direitos

96

Contra o autoritarismo e os desvarios golpistas de Bolsonaro, presidente nacional da CUT, Sérgio Nobre, reforça convocação para atos de 7 de setembro em todo o Brasil. Confira onde tem atos

Movimentos populares, entre eles a CUT, que há anos realizam o Grito dos Excluídos, derrotaram, em São Paulo, o governador João Doria (PSDB), que tentou proibir a realização de manifestações em defesa da democracia, no dia 7 de setembro na capital paulista. O “Fora, Bolsonaro” e o grito no Dia da Independência ganharam mais força em todo o país com essa vitória e será realizado em centenas de cidades. Confira abaixo mapa e lista de locais onde já tem ato marcado.

Justiça garantiu aos grupos de oposição ao presidente Jair Bolsonaro (ex-PSL) o direito de realizar manifestação no vale do Anhangabaú, na capital paulista, em 7 de setembro. Doria queria que o ato fosse realizado no dia 12, junto com movimentos de direita como o MBL e o Vem Pra rua, além de partidos políticos, que estão organizando protestos para este dia.

“Foi uma vitória da democracia. O governador não tem o direito de proibir a manifestação. Pelo contrário, o papel do Estado é garantir o direito de manifestação. O cidadão não precisa permitir permissão para ninguém para se reunir de maneira pacífica, para expressar sua visão sobre o país”, afirma o presidente da CUT, Sérgio Nobre, que classificou a atitude de Doria como uma intervenção autoritária e ilegal.

A alegação do governador de São Paulo, derrotada por uma liminar conquistada na Justiça, foi de que no dia 7 de setembro haverá atos em defesa de Bolsonaro, convocados pelo próprio presidente, e a realização simultânea das pautas opostas coloca em risco a segurança dos manifestantes.

Atos em todo o país

Os atos democráticos do dia 7 de setembro serão realizados em várias cidades do país e vão engrossar o coro do ‘Fora, Bolsonaro’ no dia 7. Ao tentar proibir a mobilização em São Paulo, João Doria também ignorou o caráter nacional da manifestação, realizada desde 1994.

O Grito

O ‘7S’ é a quinta grande manifestação este ano contra o governo de Jair Bolsonaro. Protestos já foram realizados nos dias 29 de maio, 19 de junho, 3 de julho e 18 de agosto, data em que houve paralisação dos servidores públicos contra a reforma Admisntirativa (PEC 32).

Para o dia 7 de setembro, a convocatória das frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo e da Campanha Nacional Fora Bolsonaro reforça que a democracia e a soberania do Brasil estão sob ataque. E que Bolsonaro e sua base ameaçam o país com um golpe, citando ameaças diárias do presidente contra as instituições como o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), atacando o as urnas eletrônicas.

Paralelamente, continuam as consequências da falta de enfrentamento à pandemia, bem como a política econômica desastrosa que vem aumentando o desemprego e deixando milhões de pessoas na miséria e na fome.

O Brasil não pode esperar! Precisamos dar um basta nessa situação! Por isso convidamos todo o povo brasileiro para ir às ruas conosco no 7 de setembro! Vamos juntos com o 27º Grito dos Excluídos à luta por participação popular, saúde, comida, moradia, trabalho, renda e Fora Bolsonaro Já!

Sérgio Nobre destaca ainda que o dia 7 é um dia crucial “dado o comportamento claramente golpista e de ataque às instituições e à democracia”.

“E a gente sabe o que significa um golpe. Já vivemos uma ditadura no país e não vamos permitir novamente”, completa o presidente da CUT.

O dia 7 de setembro será um contraponto ao autoritarismo de Bolsonaro. Os atos têm de ser grandes não só nas capitais, mas também nas cidades do interior– Sérgio Nobre

Por isso, Sérgio Nobre convoca todas as estaduais da CUT e sindicatos filiados a mobilizarem suas bases tanto para ocupar as ruas das cidades como organizar caravanas para as capitais, em especial para São Paulo, onde o ato, este ano, será realizado no Vale do Anhangabaú, região central da cidade.

Já tem atos marcados

Confira abaixo também a relação de cidades em todo o Brasil.

Região Norte

AM – Manaus – Bicicletada do Grito, Concentração no T1 | 15h

AM – Manaus – Ato Central Av. Lourenço da Silva Braga Centro | 16h

PA – Altamira – Em frente à Equatorial Energia | 8h

PA – Belém – Praça do Mercado de São Brás | 8h

RO – Rondônia – 15h (Aguardando Infos)

Região Nordeste

BA – Ilhéus – Praça do Teotônio Vilela | 9h

BA – Paulo Afonso – Praça da Tribuna | 9h

BA –  Salvador – Campo Grande I 10h

CE – Guaraciaba do Norte – Praça do Guaracy | 8h (Café com Democracia)

CE – Maranguape – R. Maranguape esquina com João Chimelo, Flamingo | 9h

CE – Limoeiro do Norte – Rodoviária de Limoeiro do Norte | 7h

CE – Tianguá – Bairro Terra Prometida | 8h

MA – Açailândia – Praça dos Pioneiros | 19h

PB – João Pessoa –  Carreata Praça das Muriçocas – Miramar até Sesc Praia Cabo Branco | 9h

PE – Afogados da Ingazeira – Ato Unificado Sertão do Pajeú – Av. Rio Branco (Ato em 04/09)

PE – Recife – Praça do Derby até Pátio do Carmo | 10h

PI – Teresina – Em frente à Assembleia Legislativa | 8h

RN – Natal – Caminhada Praça das Flores | 9h

RN – Mossoró – Concentração na Cobal | 7h

SE – Aracaju – Paróquia São José e Santa Tereza de Calcutá, Conjunto Marivan | 8h

Região Centro-Oeste

DF – Torre da TV | 9h

GO – Anápolis – Praça Dom Emanuel | 16h

GO – Goiânia – Praça do Bandeirante | 9h

MT – Cuiabá – Caminhada Jardim Vitória saída da Fundação Bradesco | (Aguardando Infos)

Região Sudeste

ES – Aracruz – Barra do Sahy – Praça dos Corais | 8h

ES – Vitória – Praça Getúlio Vargas | 8h30

MG – Belo Horizonte – Praça da Liberdade | 10h

MG – Carmópolis de Minas – Próximo ao Pampeiro | 10h (ato em 04/09)

MG – Itabira – Paróquia N. Senhora da Piedade | 9h

MG – Juiz de Fora – Praça Santa Luzia | 10h

MG – São Lourenço – Calçadão II | 15h

MG – Três Pontas – Praça da Fonte |15h

RJ – Rio de Janeiro – Uruguaiana/Presidente Vargas | 9h

SP – Baixada Santista – Ato Unificado Praça das Bandeiras, Gonzaga, Santos | 15h

SP – Bragança Paulista –  Praça Raul Leme-Centro | 10h

SP – Campinas – Largo do Rosário | 9h

SP – Indaiatuba – Ário Barnabé praça do lago em frente a Guarda municipal | 15h

SP – Jaguariúna – Centro Cultural | 10h

SP – Jaú – Carreata Beco em frente ao Poupa Tempo) | 9h30

SP – Limeira – Praça Toledo Barros | 9h30

SP – Marília – Bicicletada – Praça da Emdurb | 16h

SP – Marília – Praça Saturnino de Brito (em frente à Prefeitura) | 17h

SP – Peruíbe – Praça da Matriz | 10h

SP – Ribeirão Preto – Praça 7 de Setembro | 9h

SP – São Carlos – Praça do Mercadão | 10h

SP – São Paulo – Vale do Anhangabaú | 14h

Região Sul

PR – Campo Magro – Nova Esperança | 9h30

PR – Colombo – Praça Santos Andrade | (Aguardando Infos)

PR – Curitiba – Praça Santos Andrade | 16h

PR – Maringá – Estádio Willie Davis | 15h

PR – Umuarama – Praça Miguel Rossaffa | 16h

SC – Florianópolis – Largo da Alfândega | 14h

SC – Joinville – Parque da Cidade (Setor Sambaqui, próx. Ponte do Trabalhador) | 14h

SC – Timbó – Praça da Prefeitura | 10h

RS – Porto Alegre – Parque da Redenção/Espelho d’Água – Ato Ecumênico | 11h

RS – Porto Alegre – Marcha com concentração no Parque da Redenção/Espelho d’Água | 13h30

RS – Rio Grande – Arte Estação Cassino | 14h

Edição: Marize Muniz