CNTE e UnB lançam pesquisa ‘Trabalho na Pandemia: e a saúde, como fica?’

28

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) lançou neste mês de outubro, em parceria com a Universidade de Brasília (UnB), a pesquisa “Saúde Mental de Trabalhadores em Educação Filiados à CNTE”. O objetivo é investigar as relações entre trabalho e saúde dos trabalhadores, mapear os riscos psicossociais e subsidiar os dirigentes para propor políticas preventivas de saúde, sintonizando o chão da escola com as políticas propostas pelas Secretarias de Educação.

Os benefícios esperados dessa pesquisa são a geração de conhecimento sobre o trabalho e a saúde dos trabalhadores e das trabalhadoras, assim como a divulgação dos resultados dessa pesquisa em forma de relatório técnico posteriormente.

A participação é voluntária e as informações prestadas serão consideradas sigilosas de acordo com as recomendações éticas do Conselho Federal de Psicologia. O LPCT/UnB será o único responsável pela guarda e análise dos dados fornecidos pelos entrevistados. A aplicação de questionários com perguntas de respostas fechadas e abertas.

A participação na atividade tem duração estimada de 20 minutos. Para responder as questões, acesse o site: http://cnte.trabalhovivo.net/.