Itaporanga: Professores vão ao TCE para tratar sobre revisão do piso salarial de 2020

241

Dirigentes do SINTESE juntamente com representantes dos professores e professoras da rede municipal de ensino de Itaporanga d’Ajuda estiveram na manhã desta sexta-feira, dia 5, no Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE), em audiência com o procurador geral do ministério público de contas, João Augusto dos Anjos Bandeira de Mello.

Na pauta estava o pagamento da revisão do piso salarial de 2020, que ainda não foi concedido a professores e professoras de Itaporanga, pela gestão do prefeito Otávio Sobral.  

O diretor de mobilização do SINTESE, professor Jobson Tavares, destacou a luta dos professores e professoras de Itaporanga pela revisão do piso. O dirigente acredita que a questão pode ser resolvida em breve. “O SINTESE vem lutando junto aos professores e professoras de Itaporanga pelo pagamento do piso desde o início de 2020, mas acreditamos que esse impasse está próximo do fim. Seguimos lutando para isso”, afirma.

É sempre importante lembrar que a revisão do piso salarial do magistério é garantida pela Lei Nacional 11.738, desde 2008. A Lei é taxativa ao colocar que professores e professoras da rede pública de ensino, de todo o Brasil, devem ter o valor do piso revisado anualmente, sempre em janeiro, respeitando a carreira.