Prefeitura de Glória dá golpe e acaba com a gestão democrática nas escolas

254

Com ajuda de 11 parlamentares, a administração acaba com eleição para diretores e passa a indicar quem vai gerir as escolas

Por 11 votos a favor, 01 contrário e uma abstenção, os vereadores de Nossa Senhora da Glória aprovaram ontem, dia 09, projeto de lei enviado pela administração da prefeita Luana Oliveira que acaba com as eleições para diretores das escolas. Com isso os cargos vão ser de livre indicação e exoneração da prefeita.

Professoras e professores ocuparam a Câmara de Vereadores e o SINTESE buscou o diálogo com os vereadores para que votassem contrário ao projeto, mas os parlamentares ignoraram as justificativas do sindicato e apelo dos professores e votaram favoráveis ao projeto que deixa nas mãos da prefeita a liberdade de indicar e exonerar diretores das 14 escolas municipais.

Os professores e professoras ocuparam as galerias da Câmara de Vereadores e o SINTESE tentou dialogar com os vereadores, mas o pleito do magistério foi negado

“Não houve nenhuma reunião conosco para discutir esse projeto, só soubemos do teor quando chegou à casa legislativa. E mesmo buscar conversar com os vereadores eles, e maioria, aprovaram esse duro golpe na Educação gloriense”, afirma Cloverton Santos, coordenador geral da subsede Alto Sertão do SINTESE.

A gestão democrática não está resumida somente a eleição dos diretores e diretoras da escola, mas ela é a culminância de um processo construído coletivamente nas comunidades escolas, deixar a gestão das escolas à cargo de pessoas indicadas pela prefeita, fere gravemente o processo.

Na próxima sexta, dia 17, o SINTESE realiza assembleia para discutir encaminhamentos de luta. Forma (virtual ou presencial), local e horário serão informados posteriormente.

Confira o voto dos vereadores:

Votaram a favor de acabar gestão democrática nas escolas
Junior Gazeta; Tita; Humberto Dantas; Ronivon da Feirinha; Ivone das Aningas; Flavio do PT; Dudu; Gaguinho; Astrogildo da Saúde; Tatiu de Humberto Ribeiro

Votou contra a extinção da gestão democrática nas escolas

Alex Pintado

A vereadora Karina Veríssimo se absteve.