Brejo Grande: professoras vão a prefeitura e cobram rateio dos recursos da Educação

128

Na manhã desta quinta, 30, professoras de Brejo Grande acompanhadas da comissão sindical e da diretora do Departamento de Bases Municipais, Emanuela Pereira estiveram na sede da prefeitura.

O objetivo foi dialogar com a gestão sobre o rateio dos recursos da Educação.

As professoras foram recebidas pelo chefe de gabinete. Ele garantiu que na próxima semana, o sindicato será recebido pelo prefeito para tratar do assunto.

Pouco depois de saírem da prefeitura, a professora Emanuela recebeu uma mensagem de áudio do prefeito Clysmer Barros, onde ele deu a garantia de que faria os cálculos das sobras (já na perspectiva dos recursos que entraram no sexto bimestre) e dialogaria com o sindicato a forma do rateio.

Dados do Siope – Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação sobre Brejo Grande que foram apresentados na coletiva realizada pelo Sintese no dia 14 de dezembro informam que até o quarto bimestre (agosto e setembro), o município tinha uma sobra de recursos da Educação de quase três milhões de reais.