Pedrinhas: Após ocuparem Prefeitura magistério conquista pagamento do 13º

70

Nesta quinta, 30, os professores e professoras das escolas municipal de Pedrinhas tiveram o valor do décimo terceiro de 2021 creditados em suas contas bancárias.

Essa é uma conquista de uma luta árdua travada pelos professores e professoras durante todo o dia 29. Pela manhã, eles ocuparam a prefeitura e só sairiam de lá com uma solução para o pagamento do décimo (que deveria ter sido pago até o dia 20).

Foi só com a persistência dos professores e professoras e com o diálogo travado entre a comissão sindical, coordenação da subsede Centro-Sul e membros da administração municipal é que se conseguiu uma solução, mas ela precisava do aval dos vereadores.

Com isso posto, ainda na noite da quarta, os professores e professores foram a casa legislativa mora acompanhar a sessão e dialogaram com os vereadores sobre a importância de votarem o crédito suplementar que pagaria o que era devido aos educadores e esucadoraa

Segundo a gestão municipal, o décimo terceiro ainda não tinha sido pago por conta de um bloqueio judicial dos recursos do Fundo de Participação Municipal (FPM) ocorrido em novembro. Só que a administração só recorreu da decisão no dia 23 de dezembro.

Mas vale lembrar que os salários do magistério são pagos com recursos do Fundeb e de acordo com consulta ao extrato da conta do Fundo no Banco do Brasil havia pouco mais de um milhão e oitocentos mil reais, o que era suficiente para o pagamento do décimo terceiro.

“Se não é a nossa pressão e a busca do diálogo para resolver o problema, os professores e professoras das escolas municipais ficariam sem receber. É por isso que sempre dissemos, a luta faz a lei e só com ela teremos nossos direitos garantidos”, afirmou Estefane Lidenberg, da coordenação da subsede Centro-Sul do SINTESE.

A administração garantiu também que, caso consiga desbloquear os recursos, o salário do mês de dezembro será creditado nesta sexta, dia 31.